sábado, 30 de julho de 2011

A melhor palestra que você irá ouvir na sua vida - Gary Yourofsky



Palestra inspiradora de Gary Yourofsky, na íntegra, sobre direitos animais e veganismo, realizada na Universidade Georgia Tech, nos EUA, no verão de 2010. Ouça a esse sensacional palestrante que vai desmitificar mitos,inundar sua mente com fatos interessantes e ajudá-lo a fazer escolhas éticas para ter um coração e uma alma mais saudáveis . Seu estilo carismático de discurso é único e tem de ser visto por qualquer um que se preocupe com animais ou que deseje transformar o mundo um lugar melhor.



Excelente palestra. Depois de ouvir e ver o Gary, percebemos que estamos engajados numa “luta” muito maior: pelos animais e pelo nosso planeta. Tudo o mais fica pequeno, sem sentido: religiões, política, guerras. Minha “guerra” é essa. Entenda porque o veganismo é uma linha de alimentação coerente, e porque a “carne” é o maior lucro dos poderosos. 
Martha Follain

Para mais informações, por favor, visite:
http://vista-se.com.br
http://www.guiavegano.com.br

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Tenho nojo da atriz Débora Bloch

Gostava muitíssimo dessa atriz!


"Quantos animais mortos foram precisos para fazer esse casaquinho brega?  Chuto umas 80 raposas.. 
Nada humano, nem ecológico e totalmente desnecessário. 
Decepcionada com essa atriz, que apesar de talentosa, demonstra ser a futilidade em pessoa. 
# "abusou do direito de ser cafona!"

Bora mostrar na página dela como são feito os casacos de peles!    http://www.facebook.com/pa​ges/Debora-Bloch/179900672​063336#wall,
afinal, a violência, a crueldade, o sofrimento, e a dor não podem estar na moda.       Mulher de verdade não usa peles.


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Vitória - MP aprova grupo especial de promotores de defesa animal - SP

MAIS UMA CONQUISTA PARA A CAUSA ANIMAL
A pedido de Feliciano Ministério Público cria Grupo de Promotores

O deputado estadual Feliciano Filho, por sugestão da Promotora de Justiça Dra. Vânia Tuglio, atua desde 2009 para que sejam criados no Ministério Público de São Paulo um Grupo Especial de Promotores de Justiça e uma Promotoria Especial para Defesa Animal.

Em 20 de Abril de 2010 Feliciano protocolou oficialmente a solicitação para a criação deste Grupo de Promotores, para atuarem em casos relacionados exclusivamente a denuncias de maus tratos contra animais. Na ocasião o parlamentar solicitou também a criação de uma Promotoria Especial para atender estes crimes. 
O Procurador Geral do Estado comprometeu-se em atender as solicitações de Feliciano, estabelecendo um cronograma de atividades. Em um primeiro momento Fernando Grella Vieira enviou, em 03 de Junho de 2010, umarecomendação a todos os promotores do Estado de São Paulo para empenharem maior atenção às questões relacionadas aos crimes praticados contra os animais.
E agora, seguindo o cronograma firmado, foi aprovada a criação Grupo Especial de Promotores, que pôde ser estabelecido sem a necessidade de Lei. Já a Promotoria Especial, que requer legislação para ser instituída, será viabilizada em longo prazo. 

Você pode acompanhar todo o empenho de Feliciano, desde 2009, para mais essa conquista em seu site:


Assista à entrevista que o Procurador concedeu a Feliciano em 20 de Abril de 2010:

http://www.upanimais.org.br/planetabicho/?p=429

Embora a vitória seja da causa animal, faz-se necessário esclarecer um pequeno equívoco que está sendo divulgado.

Promotoria de Defesa Animal requer legislação específica para ser criada, portanto cabe ao Procurador Geral elaborar o projeto de lei e encaminhá-lo à Assembleia Legislativa, que deverá aprová-lo, para então ser sancionado pelo Governador do Estado.

A criação do Grupo Especial de Promotores não demanda burocracia, sendo sua criação uma iniciativa do Procurador Geral de Justiça, dependo de sua aprovação apenas pelo Òrgão Especial do Colégio de Procuradores Gerais.

A atuação do deputado estadual Fernando Capez para a criação da Promotoria de Defesa Animal foi efetiva e louvável, o requerimento de sua criação foi protocolado em 14 de Abril de 2010. Veja aqui

Em 20 de Abril de 2010, o deputado estadual Feliciano Filho se reuniu com o Procurado Geral do Estado e solicitou a criação doGrupo Especial de Promotores, e da Promotoria de Defesa Animal. Veja aqui

Em 03 de Agosto de 2010 o deputado estadual Fernando Capez se reuniu com o Procurador Geral de Justiça e e entregou um requerimento para a criação do Grupo Especial de Promotores, reforçando a necessidade de sua criação, que já havia sido solicitada pelo deputado Feliciano Filho. Veja aqui.

Sendo assim é necessária a parabenização de ambos os parlamentares, ao deputado estadual Feliciano Filho, que por sugestão da Promotora de Justiça Dra. Vania Tuglio, teve a iniciativa de solicitar  a criação deste Grupo Especial de Promotores, agora denominado 
GECAP - Grupo de Atuação Especial de Combate aos Crimes Ambientais e de Parcelamento do Solo Urbano, e ao deputado estadual Fernando Capez que teve uma atuação efetiva e ratificou a solicitação de Feliciano, reconhecendo a necessidade da criação do Grupo de Promotores, e atuando também para que ele fosse criado.

Embora essa seja uma vitória dos animais, ainda devemos lutar para a criação da Promotoria de Defesa Animal.

Lilian Rockenbach
 

Twitter
 http://twitter.com/lirockenbach

Assuntos relacionados à Defesa dos Animais
http://lilianrockenbach.blogspot.com

CCZ de São Paulo - Saiba o que aconteceu depois da manifestação
http://cczmudaoufecha.blogspot.com/


Leishmaniose - Saiba mais sobre essa doença que nos ameaça 

Vegetarianismo pelos animais

Assista a resgates de animais no YOUTUBE
http://www.youtube.com/respeitoanimal



Em cada corpo de animal, reside um espírito imortal, em evolução rumo a humanização, através de seculares milênios e incontáveis reencarnações.

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Brasil e Portugal - Unidos pela mesma dor...

Chama-se “À procura de nós” e denuncia o flagelo nacional do abandono de animais domésticos em Portugal.

“Só ontem, vi dois cães abandonados… Vi duas vezes o mesmo old english sheepdog a correr pela estrada fora, com a pressa doida de quem ainda acredita que vai alcançar o carro dos donos que o deixaram ali num ermo… De manhã, apareceu na esplanada onde eu vou, um velho sharpei de expressão esperançosa… Estudava a cara de toda a gente, como se quisesse ter a certeza de não se enganar na identificação dos donos, caso ali estivessem a esconder-se dele… Já não confiava que o reconhecessem…

Ele estava irreconhecível, de certeza, fora a coleira de onde tinham arrancado a morada. É injusto, mas são os cães que eram mais giros quando eram pequenos que metem mais dó… É o contraste entre a festa que lhe faziam quando eram cachorrinhos e a indiferença com que os abandonam quando se tornam cães.

É incompreensível que, numa época em que cada vez mais actividades humanas são proibidas, continuem impunes os abandonadores de animais. Talvez pudessem passar umas férias num canil da câmara? Como pode ser mais grave e mais castigado deitar um saco de lixo para a rua do que um animal dito de estimação?

A maneira como tratamos e protegemos os bichos selvagens tem vindo a melhorar. Não será altura de começar a tratar melhor os bichos - como os cães e os gatos - que gostam de nós e que ainda pensam que gostamos deles?”  
Crónica de Miguel Esteves Cardoso

É bom que todos estejamos conscientes que o acto de abandonar um animal é um crime punido por lei. E denunciá-lo é um imperativo de consciência mas também legal, de quem presencie ou tenha conhecimento desses crimes. A crueldade e insensibilidade revelada por quem os pratica não deve ficar impune.
Os canis municipais e abrigos Portugueses de animais recolhem por dia em média, mais de 400 cães e gatos das ruas, ou seja, a cada três minutos, um animal é abandonado.
Do total de cães que são capturados das ruas, apenas a uma minoria consegue uma nova oportunidade e são adoptados, a grande maioria são mortos nos canis.
Não compre…Adopte.


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)



Vitória - Proibido judicialmente rodeios - São João Boa Vista SP

São João da Boa Vista -SP na luta contra os rodeios
25-Jul-2011
 
O TRIBUNAL DE JUSTIÇA de São Paulo deu decisão favorável à ação movida pela USPA contra crueldades em rodeios, na festa agropecuária , denominada EAPIC, em São João da Boa Vista -SP, sentença essa, extensiva a todos os eventos dessa natureza, e nos anos vindouros, dentro da comarca.

O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, por unanimidade,  também confirmou a decisão , que finalmente transitou em julgado no mês de junho, apesar de todos os recursos tentados  pelos organizadores do rodeio e pela prefeitura da cidade.

Essa exaustiva batalha judicial vem desde o ano de 2006, com sucessivas vitórias da USPA, nossa modesta ONG enfrentando o poder econômico e político da região. Ainda restam recursos no Supremo Tribunal Federal, porém confiamos que saia vitoriosa a causa dos animais submetidos a abusos nas festas de peão, o que contribuirá também na formação de jurisprudência.

Decisão do STJ

Acórdão

Vera von Gossler

USPA - UNIÃO SANJOANENSE DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS
-


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Boicote a empresas e artistas Rodeio de Barretos - Participe

Os rodeios causam sofrimento, dor e morte de animais.
Vamos boicotar as empresas e artistas que estão no rodeio de Barretos.

O Rodeio de Barretos é um evento de capitalistas e pecuaristas que querem se enriquecer às custas do sofrimento dos animais. Trata-se também de um evento que nos remete à Roma Antiga quando os donos do poder ofereciam a política do pão e circo para alienar e entreter a população. Roma Antiga e Barretos são modelos semelhantes da degradação humana e anunciam a decadência de nossa suposta ?civilização? cristã ocidental.
Nós que nos indignamos com esta selvageria aos animais não podemos ficar calados. Vamos escrever para as empresas e artistas que de alguma maneira apóiam, patrocinam ou querem tirar proveito desta exploração de animais.
Para reforçar seus argumentos contra os rodeios vejam estes sites:
 http://www.marica.com.br/2005b/imagens/0109rodeio.htm e
 http://www.odeiorodeio.com/site/

AÇÃO URGENTE: enviem mensagens de protesto para estas empresas ou artistas que apóiam ou patrocinam o rodeio de Barretos:

- Guaraná Antárctica: preencham um formulário em
 http://www.guaranaantarctica.com.br/default.aspx

- Redecard: preencham um formulário em  http://www.redecard.com.br/pt-BR/atendimento/Paginas/faleconosco.aspx

- Honda: ligue para 0800-017-1213

- Supermercados Savegnado:  http://www.savegnago.com.br/sac.htm

- UOL envie email para  faleconosco@uol.com.br

- Escola de samba Unidos da Tijuca:  http://unidosdatijuca.com.br/contato/

- Cantora Paula fernandes: escrevam para: Assessoria de Imprensa:  amandaferro@talisma.art.br

- Maestro João Carlos Martins: email para  fundacaobachiana@terra.com.br
---------------------------------------------------------

Barretos atrai R$ 6 milhões em patrocínios
Maior festa de peão da América Latina bate recorde de arrecadação em 2011


Marcos Bonfim, do
Luciana Prezia/Contigo

Barretos: em 2011, o faturamento com patrocinadores chega a R$ 6 milhões, um crescimento de 20% sobre o ano de 2010
São Paulo - A festa de peão de Barretos, a maior do gênero na América Latina, deve atrair em torno de um milhão de visitantes para os seus mais de 100 shows e competições de rodeio, entre outras atividades realizadas nos 11 dias do evento.

Os altos números também atraem as marcas. Em 2011, o faturamento com patrocinadores chega a R$ 6 milhões, um crescimento de 20% sobre o ano de 2010, segundo Marcos Murta, presidente de Os Independentes, entidade organizadora do evento. As cotas máster são negociadas com valores entre R$ 300 mil e R$ 800 mil.

A festa, que tem a dupla Jorge e Mateus como embaixadores neste ano, acontece entre os dias 18 e 28 de agosto, no Parque do Peão, em Barretos.

A Brahma, uma das mais antigas patrocinadoras do evento, é uma exceção. Com o contrato para cinco edições, investe R$ 3 milhões anuais pela exclusividade, o que garante ainda levar outras marcas da Ambev, como o Guaraná Antarctica e o energético Fusion neste ano. Para a festa, a marca cria uma distribuidora interna de cerveja, um rancho, o camarote ?Brahma Country? e ainda terá uma etapa oficial do campeonato de montaria em touros Brahma Super Bull PR, além de espaço para menores de 18 anos.

Outra marca veterana no evento é a JBS Friboi, com patrocínio anual de R$ 700 mil. Camarote e rancho para ações de relacionamento, além de exposição das marcas, estão dentre as ações da empresa.

Já o supermercado Savegnago, que acaba de renovar o contrato por mais cinco anos, é patrocinador oficial do Rancho do Peãozinho, em que, com o apoio de fornecedores como Nestlé, desenvolve ações socioeducativas, culturais e de degustação, além de ter camarote.

A lista ainda é composta pelo frigorífico Minerva, o UOL, e os novatos Redecard, Honda e Dark Dog.

A festa deste ano conta com investimentos em torno de R$ 17 milhões, um valor 17,6% inferior aos R$ 20 milhões empregados em 2010.
Parte da redução se explica pelos gastos com a atração internacional, a cantora Mariah Carrey.

Nesta edição, "Os Independentes" optaram por apresentações conjuntas de artistas como Paula Fernandes e Eduardo Costa, a escola de samba Unidos da Tijuca, Bruno e Marrone e Aviões do Forró, além do show especial unindo Chitãozinho e Xororó, João Bosco e Vinicius e orquestra regida pelo maestro João Carlos Martins.

Ivete Sangalo e Daniela Mercury também integram a programação do evento.
 http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/barretos-atrai-r-6-milhoes-em-patrocinios
-- 
"Enquanto formos túmulos de animais assassinados como poderemos esperar uma condição ideal na Terra?"  - George Bernard Shaw


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

domingo, 24 de julho de 2011

CCZ Itaituba PA - ME AJUDEM A DENUNCIAR ESSA CRUELDADE

GENTE, MINHA AMIGA ESTÁ MORANDO TEMPORARIAMENTE EM ITAITUBA, QUE FICA NO PARÁ.
LÁ QUASE QUE DIARIAMENTE PASSA A "CARROÇINHA" PELA CIDADE, SEQUESTRANDO OS ANIMAIS DA PIOR MANEIRA POSSÍVEL, COLOCANDO CERCA DE 49 CÃES NUM ESPAÇO 3X4.
FICAM ALI POR HORAS, APAVORADOS, DESESPERADOS, SEM ÁGUA OU COMIDA E SÃO ASSASSINADOS DA PIOR MANEIRA POSSÍVEL. 


NÃO EXISTE VETERINÁRIO PARA MATAR, QUEM FAZ SÃO OS FUNCIONÁRIOS MONSTROS DA PREFEITURA.


ELES SÃO ASSASSINADOS APENAS COM ..., SEM ANESTESIA. 
ISSO SIGNIFICA QUE ELES MORREM ASFIXIADOS, LENTAMENTE, ACORDADOS DURANTE TODO O TEMPO, AGONIZANDO.


UMA MORTE TERRÍVEL...

UM  CRIME... GENTE, POR FAVOR VAMOS TENTAR ACABAR COM ESSA CRUELDADE. VAMOS ENCHER A CAIXA DE E-MAILS DESSE PREFEITO.
VAMOS TENTAR MUDAR O DESTINO CRUEL DESSES ANIMAIS, CONTO COM A AJUDA DE VCS PRA TENTARMOS MUDAR ALGO.
PRA ISSO PRECISAMOS DE MUITA GENTE, ENVIANDO E-MAILS. PRECISAMOS DESSA UNIÃO AGORA!!!!


Proteste - Proteste -  PREFEITO: 


Sr. Valmir Climaco

 http://www.itaituba.pa.gov.br/contato/contato.htm

e mail:   comunicacao@itaituba.pa.gov.br

ACOMPANHEM ABAIXO OS RELATOS :

KARLA,
ELES MATAM OS CÃES COM O MESMO PROCEDIMENTO USADO NAS CLÍNICAS VETERINÁRIAS COM ANESTASIA, MAS AQUI, QUEM APLICA NÃO É VETERINÁRIO É UM FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA SEM ANESTESIA .  O LOCAL AONDE OS BICHINHOS FICAM É MUITO PEQUENO COM 49 ANIMAIS, UM ESPAÇO 3 X 4.
PARECE QUE ESSE TIPO DE PROCEDIMENTO TERIA QUE SER COM O VETERINÁRIO E SEM VETERINÁRIO ELES APLICAM QQ DOSE NA VEIA ATÉ O BICHINHO MORRER E MUITAS DAS VEZES SOFRE POIS ELES NÃO TEM CAPACIDADE DE DAR UMA MORTE DIGNA PRA ELES.
POR ISSO QUE DEVEMOS FAZER ALGO POIS ESTÁ TUDO ERRADO, A LEI NÃO ESTA SENDO CUMPRIDA.BJOS
VÊ SE CONSEGUE COLOCAR NO TEXTO.VOU TE ENVIAR AS FOTOS DO LOCAL,PRA GENTE COLOCAR NA INTERNET,PRA VER SE A GENTE CONSEGUE MUDAR ISSO.
O MEU MARIDO NÃO CONSEGUIU RESGATAR O CÃO,POIS ELE JÁ TINHA MORRIDO.




OI KARLA,,
HOJE VI UMA CENA HORROROSA,TINHA UM CACHORRO NA PORTA DE CASA COM SARNA PELO CORPO TODO, FUI AO MERCADO COMPRAR CARNE PRA DAR O VERMÍFUGO PRA ELE, QUANDO VOLTEI DO MERCADO DEI UM PEDAÇO DE CARNE PRA ELE E SUBI. QUANDO ESCUTEI UM CANIDO HORRÍVEL CORRI PARA A JANELA E VI A CARROCINHA  CARREGANDO-O.
 
QUERO MUITO ENVIAR EMAILS PRA PREFEITURA DETONANDO ESSA AÇÃO HORROROSA QUE NA VISÃO DELE É MUITO MAIS SIMPLES, RÁPIDO E MAIS BARATO. VC ME AJUDA ? PENSE EM ALGO, DE REPENTE COLOCAR NA INTERNET. O QUE ACHA? ME AJUDA !!! PENSA EM ALGO !!



PREZADO PREFEITO DE ITAITUBA - PARÁ,

ESTOU DE PASSAGEM PELA CIDADE DE ITAITUBA,E A MINHA PRIMEIRA IMPRESSÃO FOI DE UMA CIDADE MUITO SUJA E DEPREDADA,SIMPLICIDADE E POBREZA NÃO É SINÔNOMO DE SUJEIRA. HÁ QUANTIDADE DE LIXO EM CADA ESQUINA ,URUBUS EM QUANTIDADE ABSURDA DE SE VER.FIQUEI BASTANTE INDIGNADA DA MANEIRA COMO A CIDADE TRATA OS SEUS ANIMAIS ,CÃES QUE PODERIAM SER CASTRADOS, VACINADOS E VERMÍFUGADOS,DO QUE SIMPLESMENTE MANDÁ-LOS PARA  O CONTROLE DE ZOONOZES PARA SEREM ELIMINADOS, COMO SE ESSA ATITUDE FOSSE MELHORAR O PROBLEMA DA CIDADE ,POIS ME PARECE QUE ESSA SOLUÇÃO É MAIS RÁPIDA E ECONÔMICA , E COM CERTEZA ESSA ATITUDE NÃO É MUITO BEM VISTA PELA POPULAÇÃO DA CIDADE, ACHO QUE A POPULAÇÃO APENAS SE ACOSTUMOU COM ESSA SITUAÇÃO. 

A IMPRESSÃO DA CIDADE É UMA DAS PIORES, CADÊ OS DIREITOS DOS ANIMAIS?

ESPERO QUE O SENHOR, REPENSE NA POSSIBILIDADE DE SE FAZER UM PROJETO EM RELAÇÃO A ESSES ANIMAIS, TEM MUITA GENTE QUERENDO AJUDAR, É QUESTÃO DE POSSIBILIDADES.ESSA ATITUDE SERIA MUITO GRATIFICANTE PRA CIDADE, INCLUSIVE PARA O SENHOR COMO PREFEITO. 
Karla Alves
karla.fher@gmail.com



Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Goiânia - Leishmaniose - Desespero - Vamos ficar olhando a morte?

Vamos ficar olhando a morte dos animais? 
Pessoal, passei o dia todo, pensando numa forma de podermos reverter a situação contra os animais de Goiania. A população pobre, não pode fazer exames nos animais, nem vacinar, assim sendo, só os ricos, que possuem animais, poderão salvar seus animais da morte. Eles já decidiram, e, vão matar os animais sadios, se não tiver com os exames nas mãos. 

 Não sei se vocês conseguiram ver a matpéria da maldita TV anahanguera, afliliada da Globo, hoje as 19 horas, mostrando os pobres coitados, dentro das jaulas no Centro de zoonoses, esperando a morte. Eles estão sadios gente, temos que fazer alguma coisa. Voces já imaginaram o quanto estas fabricas de coleira e de vacinas lucrarão com tudo isto? E, os veterinários e laboratórios então? São milhões. E, eles vão dividir entre eles, e, o restante, vai pra campanha eleitoral, já que não teem mais os animais do zoologico para traficar, e abastecer as campanhas politicas deles.
 Eu vivi dentro do zoológico, e, sei muito bem quais politicos iam lá, agora, eles teem que tirar dinheiro de outro lugar. Bom, não adianta nada, ficar remoendo isto, temos que agir. Como eu já disse aqui, mil vezes, a responsabilidade pela tutela dos animais, é do Estado e Municipio, então, temos que cobrar deles, os exames e vacinas tb, para a população carente. 
O unico medo que tenho, é de eles fabricarem exames positivos, e, depois sacrificarem os animais. É4 uma faca de dois gumes. como eu sei como funciona a cabeça doente deles, temos que pensar em algo urgente. O ideal, seria uma manifestação, na frente da prefeitura. 
Cobrando verba, para os mais pobres, ou então, uma manifestação na porta do Ministério Publico, cobrando providencias. Ou então, uma manifestação nos dois lugares, pois são pertos um do outro. Mas, eu penso, que se cobrarmos na porta do Ministerio Publico, teremos pouco espaço fisico, mas, é o lugar ideal, para cobrarmos.

Em frente a prefeitura, tem espaço até demais, e, o prefeito nao gostaria de ver o nome dele envolvido nisto, por causa das eleições. Faríamos faixas, não podemos ficar assistindo ao massacre dos animais, sem fazer nada. Temos que nos unir. Sei que tem algumas ONGS, que nao participarão, mas, os voluntários, os protetores de verdade, não olharão pra ONG, olharão, para a vida dos animais, não será uma manifestação de ONG, e, sim, uma manifestação da sociedade em si, eu estou disposta a tudo, mas, dependo da boa vontade dos protetores de animais de goiania, da população de Goiania, porque eu estou muito preocupada, nãoa estou vendo ninguem se mobilizar, parece que as pessoas, nao estão nem ai, para a morte dos cachorros. Eu nem consegui ver a materia na televisão oda, pois vi nos olhos dos animais, o pedido de socorro, me ajudem gente, não consigo continuar vivendo, vendo estes canalhas matarem os cachorros sem fazer nada, todos nós, somos responsáveis, não só pelos nossos anaimais, mas, pelos animais que não tem quem os defenda, afinal, nós somos a voz deles. 

Até quando, a prefeitura de Goiânia, matará animais, sem que nada acoanteça? 4 mil animais do zoologico já se foram, precisa que todos os cachorros de pessoas carentes morram? Os ricos e poderos, teraão seus animais protegidos, mas, e , os outros?  Pensem aí, se alguém tier algum contato com alguma pessoa que possa nos levar ao governador Marconi, seria o ideal, i´ríamos pedir ajuda a ele, já que a prefeitura, só mata. Ele se sentiria prestigiado, e, quem sabe, poderia nos ajudar? 
Se eu conseguir entrar dentro do gabinete do governador, eu consigo reverter esta situação. Pois tenho algumas idéias, que acho que darão certo. Cada um, pense numa solução, ou em alguém que possa nos levar até o governador. O prefeito, eu conheço, ele nao nos receberia, e, se recebesse, falaria que iria nos ajudar, e, quando saíssemos da sala, ele daria boas risadas, já provei deste veneno dele. a prefeitura e o governador, são oposição, e, quem tem maior força agora, é o governador. 
Quem tiver amizade com o Senador Demóstenes, tb ajudaria muito, pois ele vai sair candidato a prefeito, e, o irmão dele, é o procurador do Ministério publico. Temos que pensar em todas as frentes, o que não podemos fazer, é cruzar os braços e lamentar, a vida deles, está indo embora aos montes, todos os dias. Se os veterinários de Goiânia, estão proibidos de se rebelear, ou discordar, sob pena de serem punidos pelo CRMV, a gente tem que conseguir um veterinario de fora daqui, que entenda do assunto, e venda dar entrevista aqui, a gente faz vaquinha, e paga a passagem. 
Ou quem sabe, os protetores, ou ONGS de fora, consigam nos ajudar, falando com o Deputado Fernando Capez, ele é do PSDB, amigo do governador aqui, e, se ele viesse aqui pra nos ajudar? É uma ideia também, ele talvez, seja o unico com poderes, para nos ajudar neste momento. 
Discutir agora, não vaia ajudar em nada, temos que unir forças, e pensamentos, para tentar destruir esta máfia que se instalou em Goiânia, e, se especializou em matar os animais.
 Quem tem face, tentem contatar pessoas de fora, quem sabe, a gente consiga que alguém de fora daqui, venha nos socorrer? 
Porque aqui, nenhum veterinário, promotor, vai defender os animais não. Estou em estado de choque, pois sei que este final de semana, eles matarão centenas de cachorros.


Lourdes  - lourdesfrabelo@hotmail.com

Atualização - 27 Julho 2011
Boa noite, por favor, acesse www.ohoje.com.br, e leia a materia que saiu hoje sobre a Leishmaniose em Goiânia, é um verdadeiro absurdo, eles só estão pegando os cachorros de pobres, não aceitam as pessoas fazerem exames em outro laboratorio que nao seja o deles, e, as pessoas, ignorantes, estão deixando eles entrar sem ordem judicial, sendo que mesmo que o exame dê positivo, a pessoa tem o direito da contra prova, mas eles nao aceitam, e, se a pessoa nãoa quiser sacrificar seu animal, tem o direito pela lei, mas ninguem sabe disto. E, eles ainda dizem que a Leishmaniose nao tem cura, é uma máfia, não sei mais o que fazer. só sei, que nos meus animais, eles nao colocam as mãos malditas deles, e, aqui em Goiania, as pessoas por qualquer motivo, entregam seus animais ao CCZ. Passei o dia todo atendendo ligaçoes de pessoas querendo enviar para o CCZ, como lá já está lotado, eles estão mandando as pessoas me ligarem, são uns covardes, fazem isto pra me sacanear, pois sabem muito bem, que não tenho abrigo. Isto aqui, se tornou um verdadeiro inferno para os animais.


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Como convencer Prefeitos a executar o projeto Postos Veterinários

Em 22 de julho de 2011 uma protetora escreveu:
Bom dia José,
Meu nome é Protetora, sou veterinária formada, mas não exerço a profissão. Estou te escrevendo, pois na minha cidade natal a situação de cães nas ruas está insustentável! Meus pais ainda moram aqui e quando venho pra cá não saio nas ruas a não ser que seja estritamente necessário, pois sair na rua aqui é sinônimo de ver vários cães abandonados e machucados. A situação chegou a tal ponto que tem gente jogando gasolina e queimando cães aqui (com frequência)!

Fiquei sabendo que a promotora da cidade falou com o prefeito para ele dar um jeito nos cães de rua, pois está muito além do normal! Ela disse também que ele não poderia mandar sacrificá-los sem anestesia porque é crime. Quando fiquei sabendo disso marquei uma reunião com ele. Fomos eu e meu namorado que também é veterinário (trabalha com venda de ração). Ficamos mais de uma hora conversando, falando sobre a importância de acabar com o sofrimento dos cães abandonados, demos ideias de projetos e até nos oferecemos para castrar quantos cães fossem necessários inteiramente de graça (a prefeitura só teria que disponibilizar o material e o local pra gente).. Mas não adiantou... Resumindo ele nos disse que precisava sim resolver essa situação, mas sem gastos para a prefeitura!!?? E ainda sugeriu que abríssemos uma ong para recolher cães que a prefeitura ajudaria com uns cem reais por mês e colocaria a placa da prefeitura na ong!! Ou seja, ele não quer gastar com os cães de rua!

Fiquei muito revoltada e tentei procurar ajuda! Então uma conhecida e passou o seu blog! Eu gostei muito e resolvi te escrever na esperança de quem você possa me ajudar! Caso você tenha interesse tenho o e-mail e o telefone do prefeito.
Aguardo seu retorno.
Desde já muito obrigada.
###
Resposta de José Franson -
Olá  Protetora,
Grato pelo contato,

O que a amiga descreve é semelhante ao que acontece em todos os municípios, em muitos a quantidade de abandonados nas ruas não é muito visível porque os protetores locais resgatam e os mantem em abrigos, quase sempre com muitas dificuldades e precariamente.
O poder público não tem o mínimo interesse em solucionar com dignidade, e sorte dos cães de sua cidade que o prefeito não queira gastar com "eutanásias", senão já estariam mortos, como é praxe em todos, veja bem em todos os CCZs do Brasil. Nas cidades onde os protetores estão organizados e pressionam incansavelmente os prefeitos, não praticam os assassinatos em larga escala, mas continuam aprisionando em campos de concentração conhecidos como canil municipal ou canil do CCZ, e os matam por deixa-los amontoados em celas até que aparentem ou fiquem doentes para justificar a "eutanásia". Matam impiedosamente os chamados mordedores e os de grande porte, isto nos melhores CCZ. Nos restantes noventa e nove por cento, a matança acontece com crueldade extrema, matam a pauladas, por enforcamento, choques elétricos, etc., etc.

Os protetores não tinham luz no fim do túnel. Construir abrigos não se mostrou solução, ficam rapidamente lotados, sendo comuns abrigos mantidos por “mecenas” ou por poucos protetores, que falecendo os mesmos, simplesmente deixam de existir, enquanto os abandonados nas ruas continuam aumentando.

Esterilizações em "mutirões" de ongs ou mesmo dos CCZs se mostram totalmente ineficientes em solucionar o abandono.

Procuramos elaborar um projeto que solucionasse definitivamente o sofrimento dos animais abandonados. Agora temos a luz que sempre buscamos. Por favor, leia, analise e lute para o prefeito de sua cidade implantar o "projeto postos veterinários de proteção aos animais". Solução absolutamente viável, de baixo custo, que traz dignidade aos animais sem aprisionar nem matar.

Grande avanço, já temos o caminho, já temos documentado, formatado, o manual do que iremos reivindicar aos prefeitos. Agora vem outra fase difícil, que vai exigir muita luta, muitas noites mal dormidas. - Como "convencer" os prefeitos a executar o projeto?

Já temos algumas colocações, baseadas na luta em Tatuí SP.

São ideias generalistas, cada município tem suas próprias equações políticas

1 - O projeto envolve gastos, portanto não pode ser votado pelos vereadores para ser executado pelo prefeito.

2 - A execução do projeto depende exclusivamente da vontade política do prefeito. Se ele desejar o projeto é imediatamente executado.

3 - O projeto é de baixo custo relativo, não haverá entrave real de orçamento em nenhum município.

4 - Os prefeitos só se movimentarão para executar o projeto se tiverem percepção real que os postulantes são depositários de grande número de votos, bastante mesmo. Ele terá de enfrentar resistências de sua secretária de saúde, veterinários funcionários do canil e CCZ, que não irão largar os privilégios de aprisionar e matar sem resistir. Temos que mostrar de maneira transparente que ele ou o sucessor que ele indicará para sucedê-lo nas próximas eleições municipais irá ter boa vantagem eleitoral, isto é, executar o projeto vai resultar em ganhar muito, muito mais votos dos que ele irá perder com os descontentes com a mudança. E isto tem que ser muito claro, quase provado..

5 - Procurar apoio de vereador, só se for da base aliada do prefeito. Vereadores de oposição irão apoiar o projeto com entusiasmo, de olho nos votos dos protetores postulantes, mas não apitam nada na decisão do prefeito. Os da situação, aliados do prefeito na câmara, também poderão apoiar entusiasticamente o projeto de olho nos votos, mas salvo exceções, na prática não irão lutar junto ao prefeito pela execução do projeto, salvo se o vereador for notório e reconhecido protetor de animais, neste caso vale ser até mesmo da oposição, pois poderá negociar com o prefeito.

6 - Os protetores deverão indicar candidatos entre seus pares, para concorrer a vereador nas próximas eleições, em todos os municípios do Brasil, fazendo do projeto postos veterinários sua plataforma eleitoral principal. Buscar formas de mobilizar a sociedade em torno da ideia de não aprisionar e matar os animais recolhidos pela prefeitura, mas usando as soluções do projeto. Os potenciais candidatos deverão conhecer muito bem o projeto postos veterinários e buscar o máximo de informações sobre forças políticas, raposas, quociente eleitoral, uniões e traições partidárias/eleitorais, etc. para não correr o risco de ser bem votado e não se eleger. Mesmo não eleito os protetores terão provado o quanto pesam na política municipal e se o peso for bom, poderão negociar com o prefeito eleito. Cuidado com os prazos de filiação a partidos para ser candidato em 2012 - termina em setembro deste ano. Não deixe para a última hora.

7 - Poderão ser tentados acordos de não rejeição com todos os candidatos a prefeito que publicamente afirmarem que se eleitos executarão o projeto.

8 - Em Tatuí, encontrei uma fórmula, ainda não testada nas urnas. Converso, dia após dia, com todos que encontro e explico que estou organizando um grupo para pedir ao Prefeito que pare de aprisionar e matar os animais que recolhe das ruas, e que faça esterilizações gratuitas em massa, programas de adoção intensivos, sendo que já temos o projeto pronto para ser executado, então pergunto - posso enviar as notícias do grupo por e-mail para você? . e anoto só o e-mail da pessoa. Quando encontro pessoas entusiasmadas com proteção, anoto num detalhe - protetor. A cada dez dias em média envio email a todos com notícias de como está o andamento da luta pela execução do projeto, sempre sendo honesto e transparente, envio também arquivos .pps sobre proteção animal produzidos pela PEA e outros. Resultado - em um ano temos uma mail-list com 3900 eleitores de Tatuí, simpatizantes do projeto recebendo regularmente informações sobre o andamento e sobre proteção animal em geral.- Encontrei mais de trinta protetores independentes com abrigos, de dez a seiscentos animais, e outros quarenta protetores potencias ativistas. Não é tudo belo assim, mas as perspectivas no médio prazo são muito boas. E já estamos sendo vistos com um pouco mais de respeito pelos políticos.

9 - E por aí vai...
Veja o projeto postos veterinários de proteção aos animais
Veja o manual - Como iniciar uma família amigos dos animais
Veja também - Tristeza e alegria

Até breve, e boa sorte a todos nós, especialmente a nossos amigos quatro patas.
###
Os amigos que discordarem  ou tiverem sugestões, por favor comentem. Grato.

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Pesquisa com animais não é mais necessária na era do genoma


Henrique Mendes
Cobaias científicas
Camundongos, cães e coelhos são exemplos de animais usados, em todo o mundo, como cobaias de experimentos científicos.
A falta de alternativas, em alguns casos, é apontada por pesquisadores como a principal causa do uso contínuo de seres vivos em experimentos laboratoriais.
Defensores dos direitos dos animais, ao contrário, afirmam que é falta de vontade política e interesses privados dos cientistas motivam a realização da prática que consideram criminosa.

Crueldade com animais
Esta é uma discussão polêmica em eventos científicos nacionais e internacionais, mas pouco conhecida pela sociedade civil, ainda distante desse embate acadêmico, político e social.
De acordo com a Constituição Federal de 1988, capítulo VI, o poder público deve inibir e combater as práticas que provoquem a extinção de espécies ou submetam os animais à crueldade.
Uma questão surge nesse contexto: Será que o uso de animais para pesquisas em laboratórios fere esse princípio legislativo? Este é um campo de conflito ainda não superado entre pesquisadores e defensores dos direitos dos animais.
A aprovação da Lei Arouca (nº 11.794), em outubro de 2008, regulamentou a criação e utilização de animais em atividades de ensino e pesquisa científica no Brasil. A lei criou o Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, que obriga as instituições a constituírem uma Comissão de Ética no Uso de Animais (Ceua).

Ética na pesquisa com animais
Na Bahia, o Centro de Pesquisa Gonçalo Muniz (Fiocruz-Ba) possui um comitê para regular os procedimentos científicos feitos no local.
"É preciso que as pesquisas e as pessoas que as desenvolvem sigam parâmetros éticos que possam garantir, na medida do possível, todas as condições experimentais para que os animais sofram o mínimo de impacto possível. Tudo isso tem que ser controlado por uma série de legislações que já existem aqui no Brasil", afirma a Coordenadora da Ceua da Fiocruz-Ba, Lourdes Farre.
Os projetos que, por algum motivo não atendem as exigências da comissão recebem notificações para que se adequem às normas que regem essa atividade.

Animais usados em pesquisas científicas
Ratos, hamsters e camundongos são os animais mais usados pelos pesquisadores da Fiocruz. Eles são mantidos no biotério e acompanhados por estudantes e cientistas em pesquisas de imunologia.
Outros animais também são aproveitados nas análises. Alguns cães, por exemplo, são acompanhados em estudos da leishmaniose. Eles normalmente são recolhidos em áreas endêmicas, como Jequié, no Sudoeste do Estado, depois da autorização dos donos.
Além disso, a instituição realiza a manutenção de ciclo da doença de chagas, através da criação de galinhas. A ave não apresenta a doença e, por isso, é a fonte ideal de alimento para o barbeiro.

Abolicionismo animal
"O sistema jurídico brasileiro não garante sequer o direito à vida desses animais, que continuam sendo capturados e mortos diariamente, legal ou clandestinamente, tornando letra morta à norma constitucional que proíbe as práticas que coloquem em risco a função ecológica dos animais, provoquem a sua extinção ou submeta-os à crueldade", afirma o professor de Direito Ambiental da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Heron Santana.
A frase, que foi retirada do artigo "Abolicionismo Animal", mostra que o uso de seres vivos em laboratórios enfrenta a resistência de grupos que defendem a dignidade dos animais.
Santana é também presidente do Instituto Abolicionista Animal (IAA), organização não-governamental que defende a libertação dos animais da exploração ou crueldade praticada por seres humanos.
Para amenizar esse conflito, o Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal, exige que todas as Comissões de Ética no Uso de Animais tenham um componente que atue em uma ONG que trabalhe com o assunto.
De acordo com Lourdes Farre, essa ação possibilita que os trabalhos sejam discutidos de forma mais intensa e realizados com maior eficácia. "É importante que haja um espaço de diálogo para isso. Às vezes há desconhecimento das duas partes. Quando as pessoas sentam para conversar e discutem essas necessidades todos ganham", afirma.

Fim da pesquisa com animais?
Rejane Menezes diz que há projetos que podem ser realizados in vitro, ou seja, em placas que possibilitam a cultura de células. No entanto, ela admite que o uso dos animais, na maioria das vezes é indispensável.
"Existem modelos que só podem ser feitos em animais e não há como fugir disso. A tendência é uma diminuição na utilização deles, mas a isenção do uso eu acho um pouco difícil," reconhece.
O resultado das pesquisas e a sua eficácia são preocupações dos grupos que defendem o direito animal. Entretanto, Lourdes Farre considera que esses resultados são de interesse de todos.
"O cuidado que se tem com o animal e as recomendações sobre o que se fazer são preocupações fundamentais, mas é preciso que haja envolvimento, também, da sociedade, dos pesquisadores e das instituições", conclui.

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

quinta-feira, 21 de julho de 2011

CCZ Goiania quer iniciar matança generalizada de cães e gatos - Desespero...

Nossos amigos esperando para
serem assassinados
CCZ de Natal  RN
Olha, estou tão nervosa com esta máfia daqui, que penso que vou explodir de tanta raiva. se lembram, que semana passada, eu enviei um e-mail pra todo mundo, dizendo que o CCZ de Goiania, estava armando, para matar os cachorros daqui?

Eles foram hoje, 22 de julho 2011,juntamente com a mafiosa vigilancia sanitaria na televisão, e disseram que encontraram 4 caes com Leishamniose, e, que já tem ser humano contaminado, e, que vão começar a sacrificar animais.

Onde fica a ética destes ...? Onde esão os exames dos animais e dos humanos? Porque nao mostraram na televisão as pessoas que foram contaminadas? Agora, depois da armação, não vai sobrar um animal em Goiania, já matarama quase todos os gatos, agora partiram para os cachorros. Tenho ódio da vigilancia sanitária, que não faz nada, a nao ser se juntar ao CCZ maldito, para matar animais.

Mataram, todos os macacos do parque areião, pois eu fui lá pessoalmente. Eles nao mostram documento nenhum, e a diretora vai na televisãoi, com aquele ar de bandido, e diz que nao quer nem saber, que vão sacrificar, matar, assassinar mesmo. E o pior é que eu nem posso denunciar isto para o Ministerio Publico, porque o promotor a esta hora, já está junto também.

Não tem uma ONG em Goiania, para ir na Vigilancia sanitária e CCZ, pois ontem mesmo, eu vi uma materia, onde uma ONG aqui, fala bem do CCZ. Como uma ONG séria pode falar bem destes malditos?

E, seu eu não posso entrar no CCZ, por causa do TAC, como vamos fazer agora? Eles armaram tudo direitinho, se eu for denunciar, eles irão dizer, que eu estou ficando louca, como sempre fazem que nem a historia do zoológico, que falaram que eu era doida, e, hoje, nem anaimal tem mais no zoologico.

Amanhã, todos os jornais de Goiania aparecerão com as manchetes, e o povo daqui irá entregar os cachorros para o CCZ, para serem mortos.
E, para piorar, hoje eu vi um monte de cartazes pregados pela cidade, avisando da doença, a população, vai ficar com medo,´porque até eu, se nao entendesse como funciona aqui, depois desta entrevista terrível a diretora da vigilancia sanitaria deu, ficaria com medo tambem, pois ela barbarizou legal.

Em breve irão nos abrigos retirar os animais para matar. Porque vai ser o primeiro local onde eles irão, porque os animais das ruas, estão desaparendo todos, e, depois, eles começarão a ir nas casas, quem nao tiver carteira de vacinação, tá ferrado, e a grande maioria, não tem dinheiro para vacinar, então, vai morrer os animais dos pobres, mais uma vez. Já avisaram, que é pra vacinar.
O correto é o poder publico vacinar os animais, mas quem vai peitar o poder público daqui?

###
Nosso amigo sendo levado para a morte
CCZ Palmas TO
José Franson -  Em Bauru SP, houve um verdadeiro extermínio de cães para acabar com a leishmaniose. O resultado não deu em nada. Mais casos da doença continuam aparecendo. E observem bem isto: Pessoas e outros animais infectados são considerados reservatórios da doença. 


Que tal as prefeituras da região cumprirem seu papel, fazendo o controle populacional dos cães, através da única medida comprovadamente eficaz  que é a castração planejada e posteriormente monitorada, bairro a bairro, castrando  80% das fêmeas caninas e felinas,  fazendo ações permanentes de educação para a posse responsável,  proibindo a infame comercialização de animais, e ações efetivas para evitar a proliferação do inseto transmissor.


 Sair matando cães, como sempre fizeram é mais fácil, joga-se a culpa pela doença nos cães, quando na verdade a culpa é dos prefeitos que não fazem a parte deles. O cão também é infectado pelo mosquito, ele não é a origem da doença.  Só que agora a população não se deixará enganar. 
Vamos lá Senhores Prefeitos de todo Brasil, mãos na massa, 
postos veterinários de proteção aos animais  com as esterilizações já.
####
O que ocorrem em Goiânia não me causa estranheza alguma.
Nas minhas viagens pelo sudoeste de Goias (Rio Verde, Jatai, Aparecida do Rio Doce, Santa Helena, etc.) vi coisas terríveis. Principalmente no CCZ de Rio Verde.
Lá ainda cometem crimes Bárbaros contra animais de rua, capturados duas vezes por semana, e mortos com Gas asfixiante, proibido por lei e pelo CFMV. Se o dono for procurar o seu animal 24 horas após a apreensão, eles simplesmente dirão que todos os animais capturados em 2 dias atrás foram todos adotados. (Incrível isto, não). Como uma cidade tem tanto adotante de animais de rua assim. Isto é um FENÔMENO Nacional. Todos nós que somos protetores sabemos muito bem o quanto é dificel conseguir-se um bom adotante para animais adultos. Lá é tão fácil.
É que se entrar-mos naquele campo de concentração, não tem nenhum animal lá dentro.
Esta informação me foi passada por um veterinário, convidado a trabalhar na prefeitura local, soube que seria para o CCZ, para matar os animais, simplesmente ele negou-se a aceitar a vaga.
Luiz F Santana


Veja também - 
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/07/leishmaniose-lei-quer-impedir.html
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/07/leishmaniose-desabafo-de-um-medico.html
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/07/alo-vets-protetores-criado-grupo.html
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/02/leishmaniose-matar-animais-nao-resolve.html
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/07/argentina-cria-programa-nacional-de.html
http://amigosdosanimaisdetatui.blogspot.com/2011/02/solucao-definitiva-para-o-sofrimento.html


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)