terça-feira, 30 de agosto de 2011

Militância virtual Seja voluntário - Envie emails pelos animais


BOLETIM PELOS ANIMAIS
Julho/Agosto 2011
SUMÁRIO:
 
1. Espanha - Campanha contra o Toro de la Vega - Tordesilhas
 
2. Espanha - Carrefour apoia touradas
 
3. França - Fréjus - Aficionados querem o regresso das touradas
 
4. Reino Unido - Aeroporto de Heathrow - Corredor da morte!
 
Pelos Animais
Maria Lopes
Coordenadora do Movimento Internacional Anti-Touradas

ESPANHA
Campanha contra o Toro de la Vega - Tordesilhas
Fonte: International Movement Against Bullfights
 
No próximo dia 13 de Setembro o touro "Afligido", será perseguido e morto pelos "valentões" de Tordesilhas.
 
O espectáculo está "regulado" pela Câmara Municipal, ou seja, é proíbido matar o touro antes de tempo e usar veículos com motor.
O animal é obrigado a correr para cruzar a ponte, quando chega ao outro lado do rio começa o banho de sangue. Hordas de homens a pé e a cavalo cravam-lhe lanças e trespassam-no até á sua morte. O autor da matança tem direito a cortar-lhe os testículos e a exibi-los na ponta da lança. Como prémio a Câmara Municipal oferece-lhe uma insígnia em ouro e uma lança de ferro forjado.


Por favor enviem cartas de protesto para:
ayto.tordesillas@dip-valladolid.es,
presidencia@dip-valladolid.es,
prensa@dip-valladolid.es,
presidente.responde@jcyl.es,
turismo@tordesillas.net,
informacion012@jcyl.es;
oficinadeturismodevalladolid@jcyl.es

Muy Sres. Nuestros,

He tenido constancia de la celebración que se lleva a cabo en Tordesillas durante la primera quincena de septiembre, denominada Toro de Vega, en la que centenares de personas a pie y a caballo acosan a un toro hasta la muerte a lanzazos.

Me pongo en contacto con ustedes para manifestarles el desagrado que este hecho nos provoca a mí, a mis conocidos y amigos, como miembros de una sociedad sensible hacia el maltrato y el sufrimiento animal.

En nuestro país disponemos de legislación en materia de protección animal que harían imposible que se dieran este tipo de celebraciones, ya que no solo perjudican a los animales sino que degradan la imagen de la sociedad que los permite.

Es por ello que les solicito reconsideren la celebración de dicho festejo.

Mientras se siga celebrando, daré a conocer a los turistas las prácticas del municipio de Tordesillas como parte de la vergüenza que supone para Europa que se sigan manteniendo tan sanguinarias tradiciones, propias de otros siglos.

Atentamente,
Nome/País

ESPANHA
 
Carrefour apoia touradas
 
Fonte: Animanaturalis
 
A cadeia de Hipermercados Carrefour, permite, através da sua venda de bilhetes on-line, comprar bilhetes para as touradas que se celebram actualmente en Barcelona.
 
Por favor copiem a carta abaixo e colem no link do Carrefour:
 
Sres,
 
Ha llegado a mi conocimiento que Carrefour, a través de su servicio de venta de entradas on-line permite la compra de entradas para las corridas de toros que se están celebrando actualmente en la Plaza Monumental de Barcelona.
 
Tengo constancia de la legalidad de esta actividad (aunque por poco tiempo) pero les recuerdo que esta forma de entretinimiento basada en la tortura y muerte pública de un ser con capacidad de sentir dolor, ha sido rechazada mayoritariamente por la sociedad catalana y pesar de su legalidad representa una evidente inmoralidad.
 
No comprendo como su servicio de Marketing no ha tenido en cuenta que facilitar este tipo de actos, contrarios a la mas mínima ética y que molestan profundamente a numerosas personas que queremos a los animales y mostramo respeto hacia ellos, puede repercutir en una imagen negativa de su empresa.
 
Desde luego, yo y todos mis contactos, dado el poder de decisión que nos asiste como consumidores, nos abstendremos en un futuro de comprar artículos vendidos en cualquiera de sus establecimientos, a menos que dejen de participar en el fomento de este tipo de salvajadas y se retracten públicamente del apoyo que les han otorgado hasta ahora.
 
Atentamente,
Nome/País

FRANÇA
 
Fréjus - Aficionados querem o regresso das touradas
 
As arenas romanas de Fréjus, encontram-se em trabalhos de restauro e o Presidente da Câmara Municipal já veio afirmar que não voltarão a ter touradas quando os trabalhos estejam terminados.
Os aficionados não desistem.
 
Por favor votem na sondagem (lado direito, meio da página)
 
Les corridas doivent-elles reprendre après les travaux aux arènes de Fréjus ?
 
As touradas deverão regressar quando os trabalhos nas arenas de Fréjus estejam concluídos?
 
Oui/Sim

Reino Unido
 
Aeroporto de Heathrow - Corredor da morte!
 
Fonte:Nava

BAA Heathrow é o maior corredor de transporte para animais usados em laboratórios.
 
Por favor enviem cartas para a BAA Heathrow.
 
BAA AIRPORTS
The Compass Centre,
Nelson Road,
London Heathrow Airport,
Hounslow TW6 2GW
 
Para:
 
 

To Whom It May Concern,
 
I was sickened to hear about the fate of thousands of animals being transported through BAA Heathrow to be used in experimentation.
 
Primates flown into Heathrow have travelled in confined crates for many hours, with most being transported from Asia.
 
Nafovanny, in Vietnam, regularly fly primates into Heathrow Airport and have been exposed revealing horrific suffering. The twelve-month undercover investigation showed these sentient creatures living in rusty, decrepit and cramped cages. Primates were housed in solitary confinement,  with no environmental enrichment.
 
Many airlines across the globe refuse to be involved in this archaic trade, including the UK's own flagship British Airways.
 
I request that BAA investigate the matter further and halt all future shipments of laboratory animals scheduled to pass through the airport.
 
Yours Sincerely,
Nome/País

Não nos responsabilizamos pelas incorrecções de emails, erros, omissões, etc,  publicados neste Boletim que nos são enviados por diversas pessoas em todo o mundo. Limitamo-nos tão somente a passar as informações e campanhas em prol dos animais.
INTERNATIONAL MOVEMENT AGAINST BULLFIGHTSwww.iwab.org

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Por favor, pare para pensar no que fazemos aos animais - Grato

Há de chegar logo o dia em que os animais herdarão a terra e farão com os humanos o mesmo que fazem com eles. Serão aprisionados em jaulas para visitação pública, serão usados como cobaias para salvar aqueles que se julgam com mais direito à vida, serão humilhados e maltratados como diversão, serão domesticados e tirados de seus habitat para ficarem jogados nas ruas sem donos, outros serão levados para as casas, mas irão apanhar pra alimentar o poder, serão usados por animais de rua para diversão botando-lhes fogo e outras crueldades mais.

Serão usados como humanos de tração para trabalhar com cabresto sem descanso, carregando cargas que vão além do que podem suportar sem água, sem cuidado, sem respeito, serão usados como alimentos, talvez inventem um carnaval e shows que usem suas peles e cabelos como enfeites, que tenha festas folclóricas como “a farra do humano”, as rinhas de humanos dando lucro aos seus donos ou aqueles espécimes raros em gaiolas com as mãos e pés cortados para não fugirem, ou ainda aqueles que lhes serão cortadas partes do corpo para ficarem mais “bonitinhos” e mais comercias, e as lojas sem a menor condição humana de vida em gaiolas, jaulas, sem água fresca, sem comida e ambiente adequado, e o tráfego de humanos silvestres, e aquelas festas muito lucrativas onde tem que pegar o humano a unha, e também os humanos de circo em jaulas com treinamento rigoroso para se aperfeiçoarem nas apresentações.

Quem não fizer bem direitinho não ganha comidinha, além do treinamento cruel, e os outros que terão partes que serão amuletos, outros embalsamados e usados como decoração como prêmio da caçada ou em souvenires. Com certeza vão aparecer muitas receitas exóticas com carne humana, tomara que tenham campeonatos de caça ao humano, ganha quem abater mais dessa espécie menos importante, com a “evolução” das sociedades irão inundar suas terras e matar seus habitantes, queimar suas árvores, poluir seus rios, mares e ar, irão devastar e invadir suas terras, tomar-lhes os filhos para serem humaninhos de estimação.

Para aqueles que tiverem se adaptado à vida aquática, alguns terão treinamento rigoroso para apresentação em parques aquáticos enquanto outros sairão orgulhosos nas fotos da pesca esportiva e depois devolvidos com lesões feitas pelo equipamento e pela luta pra sobreviver. Quando evoluírem o bastante ao ponto de deixarem os criminosos no comando da sociedade, as manchetes dirão: “Aqueles monstros e humanos fizeram mais uma vítima”. Enfim, o mundo será o mesmo, mas os comandos estarão em outras mãos, como já estiveram em outras épocas até o dia em que a ganância e a falta de respeito também sejam dizimados do planeta. 
Dora Canaver
Fonte Tribuna



Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Protetores lutam para prefeitura não construir canil municipal CCZ

Sou voluntária de ONG de proteção animal. È dura a realidade desse abrigo, mas fizemos o possível e o impossível por mais de 300 animais abandonados em situação precária. O município repassa uma ajuda de custo  que não cobre nem a ração para os adultos. Estamos numa briga com a administração, para nos ceder uma infraestrutura melhor, o terreno onde estamos instalados é do município, precisamos de um projeto de castração em massa urgente, e um veterinário.
 Há dias atrás o promotor do meio ambiente , entrou com uma ação contra o município, pedindo um CCZ, por ter muitos animais perambulando pelas ruas, abandonados, doentes, etc... Hoje pela manhã, vazou de dentro da prefeitura, que eles estão buscando recursos federais, para implantar o CCZ aqui em minha cidade, estamos desesperados, pois sabemos como funciona.
Há mais de 13 anos a ONG vem lutando pelos animais, não é justo que agora, por capricho do poder público, eles acabem com a ONG, pois se eles nos tiram de lá, para onde vamos? Com certeza irão nos tirar o local para construir o CCZ, matarão todos esses bichinhos indiscriminadamente, tentando solucionar o problema, quando na verdade é comprovado que matar não resolve!
 Não sabemos por onde começar, talvez um dossiê apontando tudo o que acontece dentro de um CCZ, com fotos e tudo mais, além disso, com o dinheiro público que irão gastar com o aprisionamento e matança de animais indefesos, deveriam esterilizar, vacinar, fazer campanhas de conscientização.... Ajude-nos, por favor.
 Desde já agradeço, e espero ansiosa sua ajuda!!  Obrigada,

José Franson -
Parabéns pela iniciativa de lutar contra a construção de canil municipal do CCZ. 
Canil municipal de CCZ = Campos de concentração
Incompatíveis com sociedades modernas
instituição de torturas - foi superado - 
Preparem-se para uma verdadeira revolução, com muitas batalhas. Sinceramente, não sei exatamente o caminho todo para vencer esta luta, mas acredite, tem luz no fim do túnel, e com humildade de simples protetor peço que os amigos reflitam.
A luz é um projeto pensado por protetores para solucionar definitivamente o sofrimento dos animais abandonados - Projeto postos veterinários de proteção aos animais. Leia e analise com atenção. Antes não tínhamos um instrumento de luta. Agora temos.
Temos que mostrar a população e ao prefeito, não apenas que não queremos o canil do CCZ, mas que temos projeto eficaz como alternativa. Lutem pela sua execução, montem estratégias e táticas de convencimento. O projeto não precisa de aprovação de lei, etc. depende exclusivamente da vontade do prefeito.
Penso que a luta dos amigos deverá focar em organizar um grupo muito grande de simpatizantes visando à execução pelo prefeito do projeto postos veterinários. O prefeito só irá nesta direção se perceber que existe grande número de votos envolvidos. Não tem outra maneira, temos que ter peso eleitoral, e temos que demonstrar isto claramente, organizando eventos, e principalmente montando um grupo de e-mails. Toda semana enviar e-mails para o grupo com notícias sobre a luta, sobre proteção animal, etc. Ter o poder de informar os simpatizantes é fundamental. Estou fazendo isto em minha cidade, já tenho 1500 e-mails na lista, e começa a dar frutos, encontrei muitos novos amigos dispostos a serem ativistas, etc.
Sugestão - Aproveitem e se juntem neste evento para dar início a luta pelos postos veterinários

 Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Cachorro de soldado morto acompanha velório do dono


Cachorro de soldado morto acompanha velório do dono ao lado do caixão

Não foi só a tristeza de amigos e familiares que chamou a atenção no funeral do soldado Jon Tumilson, integrante do grupo de elite Navy SEAL, morto no Afeganistão.

Durante o velório de Tumilson, no início da semana em Rockford, Iowa, o cachorro do soldado deitou ao lado do caixão, coberto com uma bandeira dos Estados Unidos, e emocionou muitos dos presentes na cerimônia de despedida do americano.
Segundo o site da MSNBC, o labrador Hawkeye se aproximou do caixão quando os discursos em homenagem ao soldado começaram, e lá ficou até o final da cerimônia.

O cão foi fotografado no velório pela prima do soldado, Lisa Pembleton, e postada no Facebook. "Me senti na obrigação de dividir essa foto", comentou ela na rede social.

Tumilson foi morto depois que seu helicóptero foi atingido por granadas atiradas pelos talebans, no dia 6 de agosto. Ele tinha 35 anos e, com ele, morreram outros 22 oficiais dos Navy SEALs.


Agora, por decisão da família, o cão será dado para um amigo de infância de Tumilson, Scott Nichols. As informações são do site da MSNBC.
Fonte - Uol notícias
Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Lei obriga Prefeitos a sustentar os abrigos de animais

Há trezes anos os cachorros e gatos abandonados nas ruas de Caxias do Sul, cidade próxima a Porto Alegre, tiveram suas vidas modificadas pelo trabalho de voluntários apaixonados por animais. A SOAMA (Associação Amigos dos Animais) oferece um lar e cuida da saúde dos bichinhos para que eles sejam encaminhados à adoção.
A ONG possui uma chácara com 1,5 hectare, por onde estão espalhadas diversas casinhas, formato que rendeu ao local a fama de “Favela de Cachorros”. Não existem restrições para os animais que vão para o abrigo e, em muitos casos, chegam doentes ou atropelados, por isso passam por tratamento com veterinários, são medicados, castrados e identificados.
A ONG conta com o apoio de vinte voluntários. Além disso, o projeto se apoiou na lei federal 4.645, para fazer valer a responsabilidade do governo em custear os animais. Com isso, a verba paga pela prefeitura de Caxias do Sul mantém o funcionamento do projeto, pagando dez funcionários, um veterinário e auxiliando na compra de 14 toneladas de ração, que alimentam mensalmente quase 1800 animais. O município também cede o terreno onde está localizado o abrigo.
Além de incentivar a adoção, mostrando a importância dos animais para a saúde, o grupo também trabalha com educação em escolas e com a promoção dos direitos e respeitos aos animais, punindo infratores de acordo com as legislações existentes.
Segundo Natasha Oselame Vanlentini, diretora de marketing da SOAMA, e filha de Dinamar Oselame, uma das fundadoras do projeto, as crianças são as mais abertas ao trabalho educativo e facilmente percebem a importância do cuidado com os animais, independente de qual espécie ele seja.

No site da ONG (www.soama.org.br) estão disponíveis as fotos dos animais do abrigo e instruções para quem deseja adotar ou doar e ajudar a continuidade do projeto. Na página também existem histórias felizes de famílias que adotaram cães e não se arrependeram do carinho e companheirismo oferecidos por esses animais, que são considerados os “melhores amigos do homem”.

Os exemplos vão desde cachorros de raça que foram abandonados, mas que encontraram um lar, até os animais que possuem deficiências ou passaram por acidentes enquanto estavam na rua e que dedicam um carinho ainda mais especial às suas novas famílias.
Ana Claudia Avalone
#####

José Franson - 1- Protetores de todo Brasil, hora de se organizar e exigir o cumprimento das leis. Todo abrigo com animais recolhidos está fazendo o trabalho que por lei deve ser feito pelo prefeito, nada mais justo que o prefeito pague integralmente todas as despesas!!!!
2- Prefeitos de todo Brasil, economizem dinheiro dos contribuintes executando o projeto postos veterinários de proteção aos animais - Sai mais barato para a prefeitura executar o projeto, do que aprisionar os animais nos CCZ. Com a divulgação que os Prefeitos têm de ressarcir todas as despesas dos protetores, em breve irão receber pessoalmente ou judicialmente milhares de pedidos neste sentido. Mãos a obra senhores Prefeitos, além da economia, tratar eticamente os mais fracos e indefesos rende votos, muitos votos.
3- Os protetores reunidos na Soama, são verdadeiro anjos que estão aqui para nos ensinar amor e compaixão. Resultados como este só se consegue com muita luta, garra e dedicação integral. Todos sabemos que os abrigos são emergenciais para salvar estes inocentes, e que não queremos que vivam assim em casinhas, sabemos também as dificuldades de encontrar adoção, por mais que lutem não se consegue solução. Permitam-me amigos da Soama, fazer um apelo para que considerem aceitar um grande desafio. Vamos nos unir para irmos direto na raiz do abandono e conseguente sofrimento, a superpopulação de animais. Coletivamente os humanos não evoluíram o suficiente para ter em sua companhia outros animais. Por favor, leiam, analisem e vamos lutar sem tréguas pela execução em todos os municípios do "Projeto postos veterinários de proteção aos animais" - Solução definitiva para o sofrimentos dos animais abandonados. Grato.
Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O sonho de todo protetor de gatos

Caboodle Ranch é um santuário de gatos de 100 acres criado por  Craig Grant, em 2003 em Ponte Vedra Beach, Florida, é o lar de mais de 500 gatos felizes. 

Este abrigo natural enorme para os gatos de rua é composta por lotes de pequenas casas, a prefeitura, uma igreja, um moinho de água, lagoas ... 

Um monte de trabalho duro para Grant, mas ele é muito feliz assim...

























Mitos e verdades sobre a Leishmaniose - Calazar

Cão com leishmaniose - Antes e após o tratamento
1) Dr. André, o senhor é bem conhecido pelo seu envolvimento com as questões da leishmaniose. Como tudo começou?
Quando estava fazendo um projeto de castração envolvendo universidades e o CCZ em Campo Grande vi um homem entrar no CCZ com um cachorro boxer lindo, maravilhoso, chorando aos prantos e pedindo para não matar o cachorro dele por que o cachorro dele estava bonito e não podia causar doença e a veterinária na porta falou que devia entregar o animal dele, que se não entregasse o vizinho dele podia morrer e ele ia ser preso por causa disso, então como tinha tanta ignorância em volta disso eu comecei a questionar o pessoal dos CCZs, eles falavam uma coisa, mas o que eu via na realidade era outra, aí resolvi então separar e decidir o lado que queria fazer, que queria acompanhar que era poder fazer a defesa da verdade do justo e depois disso comecei a mexer com a ajuda a estas pessoas que tinham esse tipo de situação e você acaba se envolvendo e se tornando um amante dos cães.

2) Quais as causas da expansão da Leishmaniose no Brasil?
A causa principal da expansão da Leishmaniose no Brasil é a falta de técnica em controle do vetor. O país infelizmente é muito grande, por uma questão assim, não dá para entender, a qualidade dos profissionais envolvidos, tanto ética, como tecnicamente envolvido no controle da leishmaniose é muito duvidosa, temos muitos profissionais em doutorado e mestrado, mas sem uma capacidade crítica importante, infelizmente isso até mostra uma falha no sistema de gerenciamento de cursos de pós-graduação.

3) A Portaria Interministerial 1429/2008, proíbe o tratamento do cão infectado e condena o cão à morte. O que o senhor pensa sobre isso?
Na verdade a Portaria não proíbe o tratamento do animal, ela proíbe o uso de medicamento de uso humano específico para tratamento da leishmaniose. Isso acontece justamente por uma questão de falta de visão técnica clara dos responsáveis por isso, por que na verdade não existe remédio veterinário, remédio humano, o remédio existe para tratar uma doença, ele age, por exemplo, sobre o DNA do parasita e não sobre o DNA do ser humano, então não tem lógica querer proibir. A Portaria simplesmente veta em termos o uso dos medicamentos tradicionais para uso no controle de leishmaniose, que na verdade é um grande engano.

4) Há risco para o ser humano conviver com o cão infectado?
Não há risco nenhum para ser humano conviver com o animal infectado. A Leishmaniose como acontece no caso da dengue, é uma doença vetorial e a presença do animal doente em casa simplesmente indica que há presença do vetor naquele ambiente. Então, o controle de uma doença vetorial se faz o controle de vetor, é o que acontece exemplificativamente no caso da dengue, então risco não há.

5) Existem as verdades e mitos da Leishmaniose Visceral Canina, inclusive é tema de uma de suas palestras, entre eles o tratamento. Se existe tratamento, por que tanta polêmica quanto ao uso de medicamentos?
Na verdade, o que acontece, é que no Brasil especificamente, existe uma política, quer se implantar uma política de controle da leishmaniose através de eutanásia canina. Essa política foi implantada há mais de 15 anos, os resultados não apareceram, acho até que por uma questão de moral desses técnicos envolvidos, voltar atrás agora seria reconhecer incompetência, então por uma questão até de falta de brilho ético, por uma questão até de vaidade e de orgulho eles não querem voltar atrás nessa decisão e eles sabem que isso é ineficaz.

6) É possível o ser humano transmitir a doença?
Tanto o animal como o ser humano podem transmitir a doença. Existem duas formas de leishmaniose, a chamada zoonótica e antroponótica. A zoonótica é quando a transmissão é feita entre o ser humano e animais e animal com ser humano, quer dizer, uma via de mão dupla.
Existe a antroponótica que é aquela em que o hospedeiro, principal transmissor é o ser humano, é o que acontece, por exemplo, na Índia.
No mundo nós temos 400 mil casos de leishmaniose aproximadamente por ano.
No Brasil, nós temos 4.000, ou seja, 1 % desse total.
A Índia tem sozinha aproximadamente 260mil casos de leishmaniose visceral por ano. Na Índia a leishmaniose não é zoonótica, ou seja, não há participação do cachorro, simplesmente do ser humano, ela é antroponótica.

7) O ser humano pode transmitir a doença?
Pode sim. Tanto o ser humano como o animal, quanto mais infectado maior a possibilidade de transmitir a doença. Por isso o tratamento tem essa eficácia de controle, ele reduz a carga parasitária, diminui o número de parasitas no animal, mas não pode ser usado como única terapia, tem que ser usado também o uso de repelentes constantes no animal e a dedetização e controle ambiental dos mosquitos no local onde tem o animal doente ou a pessoa doente.

8) O cão tratado é um transmissor ou portador?
São conceitos diferentes. O transmissor é aquele que é capaz de transmitir a doença, quanto mais sintoma tem animal, maior o risco dele transmitir. Posso ter um animal que é um transmissor e ter um animal que pode simplesmente ser um portador e não um transmissor.
Acontece que, quanto menos sintomas há menor o índice o índice de transmissão desse animal. Voltamos à história, o tratamento se justifica por que diminui a carga parasitária, diminui o risco de transmissão e se você alia às técnicas sabidamente conhecidas e eficazes como o uso de coleira e repelentes, o índice de picadas diminui até 95%. Então voltamos de novo à mesma história, tratar o animal, usar repelente no animal e desinsetização do ambiente.

9) O senhor além de médico veterinário é também advogado. O que acha que os tutores dos animais infectados devem fazer para resguardar a vida do animal e tratá-lo?
Os tutores deveriam TRATÁ-LOS. A princípio está tendo uma super interpretação da lei. A lei não proíbe tratamento. Primeiro que há um decreto de 1963 que naquela época foi feito por que no Brasil não tinha medicamento específico para tratamento da leishmaniose, não se fazia tratamento de cães, depois apareceram então os medicamentos que são usados na Europa há mais de 50 anos.
Outra questão, a lei de 1963, a interpretação que se deve dar a ela, é que foi feita para casos de leishmaniose rural, em ambientes rurais, não se aplica o mesmo método de controle em ambientes urbanos, tanto não se aplica que o que se tem feito é usado os mesmos métodos sem resultado nenhum, isso causa prejuízo para o proprietário, não elimina o problema e a saúde pública fica desmoralizada com tudo isso.

10) O que o senhor recomenda como prevenção?
Primeira coisa, todo cuidado em comprar animais e adquirir animais. Quando adquirir um animal, quando resgatar um animal de rua, fazer os exames principalmente nas áreas endêmicas.
Fazer uso constante de repelentes ou da coleira, preferencialmente eu prefiro os repelentes líquidos à coleira, por causa de efetividades de aplicação. Fazer desinsetização do ambiente.
As vacinas contra leishmania existentes no mercado são um dos principais instumentos de prevenção. Trabalhos cientificos tem corroborado a sua eficacia. Entretanto, o seu uso em toda a população teria eficacia ainda superior à que tem sido apresentado, por causa do chamado "efeito rebanho", que é imprescindivel na eficacia vacinal contra qualquer doença. Ao ter-se uma cobertura vacinal acima de 89% o efeito protetor da vacina é potencializado pois aumenta-se a probabilidade de eliminar-se o microrganismo do ambiente.
O que deveria ser feito e não é feito, é o controle entomológico, o CCZ fazer levantamento das áreas onde tem a presença do mosquito periódico e fazer o combate ao mosquito, que é como se combate qualquer doença vetorial.

11) Retornando ao tema tratamento para que fique bem esclarecido ao leitor. Na Europa e em outros países os cães são tratados. Por que é proibido no Brasil?
Tratamento não é proibido no Brasil, o problema é que quer se dar interpretação da proibição. Primeiro proibição de tratamento tem que ser mediante lei. O que existe é uma portaria restringindo o uso de medicamentos. No caso, por exemplo, da tuberculose, existe uma lei de 1942, que proíbe o tratamento de animais com tuberculose, mas em 1942 não existia ainda comercialmente a penicilina, então não tinha mesmo como tratar.
Precisamos fazer uma interpretação mais moderna dessas leis antigas. Essas leis não foram recepcionadas pela constituição, então não existe proibição ainda.

12) Dr. André, chegamos ao fim desta entrevista e qual a sua mensagem sobre leishmaniose?
Esse problema sério da questão da leishmaniose, ela não tem só haver com incompetência técnina do pessoal do Ministério da Saúde, que está sendo absolutamente incompetente em tratar isso. Falta também aquele espírito cidadão que o brasileiro não tem de colaboração, falta o envolvimento maior das entidades responsáveis como acontece com os conselhos de medicina veterinária, sociedade de medicina veterinária que são omissos nessa parte, eles não tomam uma posição e colocam a medicina veterinária como uma profissão secundária no campo da saúde e falta na verdade também envolvimento inclusive do proprietário em lutar pelo próprio direito que é de ter o animal dele vivo, sadio e tratado, que é absolutamente possível.
O que não pode acontecer, é vivermos duas realidades tão diferentes, um país como o Brasil, teoricamente evoluído e eticamente atrasado onde se mata cachorro, e o resto do mundo todo onde se pode tratar o animal.
Vivian Curitiba
Jornalista

Entrevista com o médico veterinário André Luiz Soares da Fonseca. Advogado, membro da Comissão de Leishmanioses do CRMV/MS, membro da Comissão do Meio Ambiente da OAB/MS, professor de Imunologia da UFMS, Sócio fundador do BRASILEISH - Grupo de Estudos sobre Leishmaniose Animal e doutorando em Doenças Tropicais no Instituto de Medicina Tropical de São Paulo.

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem."
Arthur Schopenhauer

Vivi Vieri


Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)


Poema - Não quero ver meu amigo partir...


Para meu amigo White.

Se um dia, tiveres que partir
Faça de tal forma que eu não possa ouvir teu último suspiro,
e tenha eu a certeza de que ressonas tranqüilamente.

Não me mostres os teus olhos embaçados pelo véu da morte,
Feche-os firme e fortes, para que eu tenha a impressão que me guardas nas retinas.
Faça silêncio quando partires, para que eu não tente correr atrás de ti,
para que eu não assovie para você me ouvir.

Se um dia partires, por favor, tente voltar
Preciso de teu carinho para me acalentar,
de teu pêlo para me esquentar os pés frios,
que a idade tenta assolar.

Não queiras voar para as estrelas sozinho,
Não descubras planetas só para você
Leve-me com você, sou cega, você precisa me guiar,
sou criança que não tenho com quem brincar,
sou muda e não sei com quem falar.

Se um dia, quiseres partir,
pois te sentes cansado de viver pois tuas pernas não mais caminham
e já não podes ladrar.
Parta devagar, de mansinho.
Não faças alarde
Para eu me acostumar.

Quando correres nos campos do céu,
Jogares bola, pra Jesus pegar.
Rasgares os panos com que Maria quiser te enrolar.
Não te esqueças que eu estou na Terra a te prantear.

Guardes para mim, um pedaço de teu coração,
toda sua emoção para quando eu chegar.
Faremos juntos nossa festa,
de beijos e abraços sem fim.
White, eu não vivo sem você
e você não sonha sem mim.
(Dedicado ao meu mais fiel amigo e companheiro, White )


"Regina Braga"
 <secretaria@feal.com.br>
Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Crueldade sem limites - Pombas ficam coladas em telhado


Obrigado por resgatar amigo

Para acabar com as pombas  um estacionamento, no bairro Guanabara, em Campinas, apelou e colocou cola no telhado. As aves batiam as asas na gosma e ficavam presas. 

A Delegacia de Proteção Animal de Campinas recebeu a denúncia e conseguiu salvar duas pombas que estavam coladas no telhado. “É uma forma muito cruel e ilegal. Sem poder voar, a ave definha e morre de fome no local”, diz a delegada Rosana Mortari.

Segundo ela, a responsável pelo estacionamento, disse que comprou o produto como um repelente e não sabia que tratava-se uma cola pra matar bombas.

As aves sobreviventes foram resgatadas pelo veterinário Roberto Luís Prado. Segundo ele, serão necessários três dias de internação para retirar toda a cola e para que elas possam voltar a voar.

Estas amigas tiveram sorte
nunca voaram perto desse bendito
estacionamento
Nesta quarta-feira (24), a delegada deve receber a embalagem do produto para saber quem vende. A dona do estacionamento e a pessoa que aplicou a cola serão ouvidas. Os envolvidos podem responder por maus-tratos a animais
Fonte - RAC



Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Bruno Covas e Geraldo Alckmim apoiam a tortura e covardia - Rodeios 2011

Governador de São Paulo Geraldo Alckmim e o secretário Bruno Covas tem reiteradamente dado apoio e patrocínios para os rodeios , arenas de tortura e crueldade sem limites.
A eles dedicamos estas fotos. 

Barretos  2011 -  Corvardia e crueldade
Quem pratica violência a animais não hesita em fazer o mesmo com humanos

Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)

Covardia e monstruosidades no rodeio de Barretos 2011 - Fotos


Patrocinam o
assassinato nos
rodeios

Um novilho ficou ferido durante uma prova e precisou ser sacrificado, nesta sexta-feira (19-08-2011), segunda noite da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. O acidente aconteceu durante o bulldog, modalidade que o peão tem que derrubar e imobilizar o animal apenas com a força dos braços. Em uma das provas, o bezerro não levantou e precisou ser retirado da arena com ajuda de uma carroça.
Segundo o veterinário responsável da festa, Marcos Sampaio de Almeida Prado, o animal chegou bem à área de veterinária, mas acabou deitando e não levantando mais.
De acordo com o diagnóstico dado pelo professor aposentado da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Jaboticabal Tenório de Vasconcelos, especialista em saúde de animais de rodeio, houve uma lesão da coluna cervical que paralisou as pernas do novilho.
O assassinato foi feito por meio de hipovelemia, técnica que causa sangramento leve. O corpo do animal irá passar por uma necropsia para que seja confirmado que tipo de lesão ocorreu.
http://eptv.globo.com/noticias/NOT,2,22,364595,Novilho+fica+ferido+no+bulldog+e+e+sacrificado.aspx
http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/4203-bezerro-e-sacrificado-apos-prova-em-barretos#foto-78282
O (assassino) bulldogueiro Cesar Brosco durante a prova em que precisa dominar o bezerro com as mãos
Sequência de imagens mostram o momento em que o animal cai; ele foi sacrificado
Torturador de animais, Cesar Brosco consegue derrubar o bezerro durante a prova de bulldog, na sexta

Após a queda, bezerro fica imóvel na arena, visivelmente machucado
Como não se levantava após a queda, o bezerro precisou ser carregado
No sábado, foi confirmado que o animal ficou tetraplégico e foi assassinado



Nós que nos indignamos com esta selvageria aos animais não podemos ficar calados. Vamos escrever para as empresas e artistas que de alguma maneira apóiam, patrocinam ou querem tirar proveito desta exploração de animais.
Para reforçar seus argumentos contra os rodeios vejam estes sites:
 http://www.marica.com.br/2005b/imagens/0109rodeio.htm e
 http://www.odeiorodeio.com/site/

AÇÃO URGENTE: enviem mensagens de protesto para estas empresas ou artistas que apóiam ou patrocinam o rodeio de Barretos:

- Guaraná Antárctica: preencham um formulário em
 http://www.guaranaantarctica.com.br/default.aspx

- Redecard: preencham um formulário em  http://www.redecard.com.br/pt-BR/atendimento/Paginas/faleconosco.aspx

- Honda: ligue para 0800-017-1213

- Supermercados Savegnado:  http://www.savegnago.com.br/sac.htm

- UOL envie email para  faleconosco@uol.com.br

- Escola de samba Unidos da Tijuca:  http://unidosdatijuca.com.br/contato/

- Cantora Paula fernandes: escrevam para: Assessoria de Imprensa:  amandaferro@talisma.art.br

- Maestro João Carlos Martins: email para  fundacaobachiana@terra.com.br
---------------------------------------------------------

Barretos atrai R$ 6 milhões em patrocínios
Maior festa de peão da América Latina bate recorde de arrecadação em 2011


Marcos Bonfim, do
Luciana Prezia/Contigo

Barretos: em 2011, o faturamento com patrocinadores chega a R$ 6 milhões, um crescimento de 20% sobre o ano de 2010
São Paulo - A festa de peão de Barretos, a maior do gênero na América Latina, deve atrair em torno de um milhão de visitantes para os seus mais de 100 shows e competições de rodeio, entre outras atividades realizadas nos 11 dias do evento.

Os altos números também atraem as marcas. Em 2011, o faturamento com patrocinadores chega a R$ 6 milhões, um crescimento de 20% sobre o ano de 2010, segundo Marcos Murta, presidente de Os Independentes, entidade organizadora do evento. As cotas máster são negociadas com valores entre R$ 300 mil e R$ 800 mil.

A festa, que tem a dupla Jorge e Mateus como embaixadores neste ano, acontece entre os dias 18 e 28 de agosto, no Parque do Peão, em Barretos.

A Brahma, uma das mais antigas patrocinadoras do evento, é uma exceção. Com o contrato para cinco edições, investe R$ 3 milhões anuais pela exclusividade, o que garante ainda levar outras marcas da Ambev, como o Guaraná Antarctica e o energético Fusion neste ano. Para a festa, a marca cria uma distribuidora interna de cerveja, um rancho, o camarote ?Brahma Country? e ainda terá uma etapa oficial do campeonato de montaria em touros Brahma Super Bull PR, além de espaço para menores de 18 anos.

Outra marca veterana no evento é a JBS Friboi, com patrocínio anual de R$ 700 mil. Camarote e rancho para ações de relacionamento, além de exposição das marcas, estão dentre as ações da empresa.

Já o supermercado Savegnago, que acaba de renovar o contrato por mais cinco anos, é patrocinador oficial do Rancho do Peãozinho, em que, com o apoio de fornecedores como Nestlé, desenvolve ações socioeducativas, culturais e de degustação, além de ter camarote.

A lista ainda é composta pelo frigorífico Minerva, o UOL, e os novatos Redecard, Honda e Dark Dog.

A festa deste ano conta com investimentos em torno de R$ 17 milhões, um valor 17,6% inferior aos R$ 20 milhões empregados em 2010.
Parte da redução se explica pelos gastos com a atração internacional, a cantora Mariah Carrey.

Nesta edição, "Os Independentes" optaram por apresentações conjuntas de artistas como Paula Fernandes e Eduardo Costa, a escola de samba Unidos da Tijuca, Bruno e Marrone e Aviões do Forró, além do show especial unindo Chitãozinho e Xororó, João Bosco e Vinicius e orquestra regida pelo maestro João Carlos Martins.

Ivete Sangalo e Daniela Mercury também integram a programação do evento.
 http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/barretos-atrai-r-6-milhoes-em-patrocinios




    HONDA ouvidoria : Tel. :  0800 771 5707 
  
Sugerimos que a Honda não patrocine mais Rodeios. É uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando com ações sócioambientais em campanhas voltadas para a Educação e Cultura.Se preocupa também em criar soluções tecnológicas que causem menor impacto ao Meio Ambiente.Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas. 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que pratiquem crueldades com animais.Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! A HONDA COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 

Sugerimos que a Brahma não patrocine mais Rodeios. É uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando com ações sócioambientais com campanhas de consumo responsável e reciclagem 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais.


Sugerimos que o GUARANÁ ANTÁRTICA não patrocine mais Rodeios. É uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando com ações sócio-ambientais com campanhas de consumo responsável e reciclagem
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais.Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! O GUARANÁ 
ANTÁRTICA NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA !


Solicitamos que o Sesi não patrocine mais Rodeios.  
É uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em patrocinar Projetos SócioAmbientais em campanhas voltadas para a Inclusão Social, a Educação e a Cultura.
 Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas de responsabilidade Social. Precisamos dar
bons exemplos à Sociedade e principalmente às crianças!
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que pratiquem crueldades com animais.Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! O SESI  COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 

  EDITORA TRÊS :  e-mail : publisp@editora3.com.br , strufaldi@editora3.com.br

Sugerimos que a Editora Três não patrocine mais Rodeios é uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em apoiar projetos de responsabilidade sócio-ambiental, com o objetivo de implementar a consciência para um mundo melhor e sustentável  São campanhas voltadas para a inclusão social a Educação e a Cultura.
.Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas de um "Planeta Sustentável". 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. !Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! A EDITORA TRÊS COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 


Quando preencher o formulário, eles vão perguntar qual o número do seu IP, ou seja  é uma identificação única para cada computador conectado na internet.
 Ao acessar o site http://www.whatismyip.com/ será mostrado o seu número de IP. 

Sugerimos que a UOL não patrocine mais Rodeios. É uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em apoiar projetos de responsabilidade sócio-ambiental, com o objetivo de implementar a consciência para um mundo melhor e sustentável  São campanhas voltadas para a inclusão social a Educação e a Cultura.
Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas sustentáveis ! 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. ! Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! A UOL COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 


Sugerimos que a Revista ISTO É, como tem um nome a zelar, não patrocine mais Rodeios é uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em apoiar projetos de responsabilidade sócio-ambiental, com o objetivo de implementar a consciência para um mundo melhor e sustentável  São campanhas voltadas para a inclusão social a Educação e a Cultura.
.Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas. 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que pratiquem crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. ! Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! A "ISTO É " COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA .

 SUPERMERCADOS SAVEGNAGO-  http://www.savegnago.com.br/sac.htm

Sugerimos que O SUPERMERCADOS SAVEGNAGO, como tem um nome a zelar, não patrocine mais Rodeios é uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em apoiar projetos de responsabilidade sócio-ambiental, com o objetivo de implementar a consciência para um mundo melhor e sustentável  São campanhas voltadas para a inclusão social a Educação e a Cultura.
.Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas. 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. ! Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! O SUPERMERCADO  SAVEGNAGO  COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 

ESCOLA DE SAMBA UNIDOS DA TIJUCA : http://unidosdatijuca.com.br/contato/

Sugerimos que A Escola de Samba Unidos da Tijuca, como tem um nome a zelar, não patrocine mais Rodeios é uma desmoralização para sua imagem, que está evoluindo e se preocupando em captar patrocínio para apoiar projetos de responsabilidade sócio-ambiental, com o objetivo de implementar a consciência para um mundo melhor e sustentável  São campanhas voltadas para a inclusão social a Educação e a Cultura.
.Este patrocínio está  totalmente em desacordo com suas propostas. 
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento,porém não concordamos com eventos que praticam crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. ! Queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada ! A ESCOLA DE SAMBA UNIDOS DA TIJUCA COM CERTEZA  NÃO PRECISA DESSE TIPO DE PROPAGANDA NEGATIVA 

 Cantora Paula fernandes: escrevam para: Assessoria de Imprensa:  amandaferro@talisma.art.br
 Maestro João Carlos Martins: email para  fundacaobachiana@terra.com.br

  Sugerimos que a Cantora Paula Fernandes e ao Maestro João Carlos Martins como têm um nome a zelar  que por favor, não patrocinem mais Rodeios. É uma desmoralização para a imagem de vocês, pois são artistas e devem ser com certeza,pessoas sensíveis.Crueldade só incentiva à violência e queremos uma sociedade mais ética e responsável que respeite o Meio Ambiente, onde a vida dos animais seja valorizada !
Queremos deixar claro que somos a favor das festas populares e folclóricas, com danças e músicas sertanejas, feiras de exposição, praças de alimentação, enfim diversas modalidades de eventos sociais, esportivos e de entretenimento, porém não concordamos com eventos que pratiquem crueldades com animais. ESTÁ NA HORA DE INOVAR E SE ADAPTAR AOS NOVOS TEMPOS, CRIANDO UM RODEIO QUE NÃO UTILIZE ANIMAIS. ! O CIRCO SE RECICLOU , JÁ SE RECONHECE QUE É CRUEL O USO DE ANIMAIS !
Precisamos dar bons exemplos às nossas crianças e como elas aprendem o que vivenciam, imitando o que veem e repetindo o que ouvem, certamente os rodeios irão contribuir para uma péssima formação , onde a tortura aos animais é banalizada e mostrada como entretenimento.Os rodeios não são inofensivos como parecem !
Para o animal pular e saltar, o peão faz uso de equipamentos, como o sedém, esporas, peiteiras e, não raras vezes, chega-se ao absurdo de utilizar-se choque elétrico, maltratando os animais ainda que por alguns segundos.
    O SEDÉM consiste em uma tira feita de crina animal, fortemente amarrada no flanco inguinal (virilha) do animal, que comprime os ureteres (canais que ligam os rins à bexiga) e aperta o prepúcio e o pênis ao escroto, tornando, com isso, o animal bravio e desesperado, pois obriga-o a desvencilhar-se de tal ato, agressivo e doloroso. Quando os animais amarrados por esta tira são soltos na arena e recebem um forte puxão, recebem uma forte compressão na região dos vazios do animal, fazendo com que ele reaja com coices, enquanto estiver correndo;
   As ESPORAS, às vezes pontiagudas, consistem em metais que são usados pelos peões durante o rodeio, fincados no baixo ventre, peito, pescoço e cabeça do animal. Tal fato é tão grave que há casos registrados em relação a alguns animais que foram cegados ao serem atingidos pela espora.
   As PEITEIRAS consistem em uma corda de couro amarrada fortemente em volta do peito do animal, causando-lhe desconforto, dor e lesões no tecido. Algumas peiteiras são dotadas de sinos e colocados, geralmente, nos bois, provocando um ruído característico, alterando o estado do animal diante da elevação drástica da adrenalina. Este incômodo ocasiona uma reação imediata do animal que procura se desvencilhar do seu instrumento de tortura.
 Os peões, de outra parte, costumam utilizar laços para outras modalidades, dentre elas o "pega garrote", o "laço de oito braças", que provocam constantes quedas do animal-vítima ao solo, violentamente. Prática comum também é a "mesa da amargura", onde grupos de pessoas ficam sentados em mesas na arena aguardando a ação do animal que se lança em direção às mesas e acabam por se ferir.
  Frise-se que o animal, de regra, é estimulado com choques e estocadas produzidas por instrumentos contundentes, a fim de que se torne bravio antes de ingressar na arena, o mesmo ocorrendo com o "fut-boi". Registram-se casos de fraturas nos animais, especialmente nos pescoços e nas pernas.
  Por estas razões é que diversas entidades de defesa do meio ambiente, especialmente as organizações de proteção aos animais, condenam esse tipo de "festa", a qual também é vedada na Inglaterra, país conhecido como exemplo de respeito ao meio ambiente. E também não é por acaso que a malfadada festa de rodeio está proibida em diversas cidades do Estado de São Paulo. 
Por favor, repensem...
(seu nome)



Campanha nacional permanente - “Fecha canil do CCZ - Tortura nunca mais” Eu aderi. (cole o slogan/link no email, blog, seja criativo)



Relação de cinco petições para Todos assinarmos ...
Norah André3 de setembro de 2011 00:28
Relação de cinco petições para Todos assinarmos contra rodeios e TORTURA de bois, cavalos e Bezerros no Brasil.
ASSIM FICA Mais Fácil Todos TODAS verificarmos si assinamos e compartilharmos Este Pedido de AÇÃO.
FACA ALGUMA COISA: NAO BASTA reclamar:
http://www.facebook.com/l/MAQAtRyS0AQBbQLQYX2ymUDXM9qrOlsMRz49TsvTQ1Egyxw/www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/7064

http://www.facebook.com/l/sAQCGqptgAQAfhXBeB0zNdsouCfg_ajBCRtEKvXGcdHqK8g/www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/7259

http://www.facebook.com/l/5AQAODuzzAQAWbeEoG4nIdO3RNKvdrqK3jdnpzR1t7OoIBQ/www.thepetitionsite.com/1/end-of-quotrodeiosquot-roundups-of-bulls-horses-and-deadly-horse-rides-in-brazil/

http://www.facebook.com/l/5AQAODuzzAQAzfaC3xhqo8w6lQcXXmD252M67AZrI6a2dnQ/www.petitiononline.com/norodeio/petition.html

http://www.facebook.com/l/ZAQDympDYAQA-dDSOYtJw-BZa5daM93lUE7oZ7yztoVlYaA/www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/7051

Norah